O Livro Negro do Comunismo




À luz dos fatos aqui revelados, o Terror Vermelho deve estar presente na consciência dos que ainda creem num futuro para o Comunismo. O Livro Negro do Comunismo traz a público o saldo estarrecedor de mais de sete décadas de história de regimes comunistas: massacres em larga escala, deportações de populações inteiras para regiões sem a mínima condição de sobrevivência, expurgos assassinos liquidando o menor esboço de oposição, fome e miséria que dizimaram indistintamente milhões de pessoas, enfim, a aniquilação de homens, mulheres, crianças, soldados, camponeses, religiosos, presos políticos e todos aqueles que, pelas mais diversas razões, se encontraram no caminho de implantação do que, paradoxalmente, nascera como promessa de redenção e esperança. Os autores, historiadores que permanecem ou estiveram ligados à esquerda, não hesitam em usar a palavra genocídio, pois foram cerca de 100 milhões de mortos. Esse número assustador ultrapassa, por exemplo, o número de vítimas do nazismo e até mesmo o das duas guerras mundiais somadas. Genocídio, holocausto, por tanto, confirmado pelos vários relatos de sobreviventes e, principalmente, pelas revelações dos arquivos hoje acessíveis.


Detalhes do produto

  • Capa comum: 918 páginas
  • Editora: Bertrand Brasil; Edição: 12 (7 de outubro de 1999)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 9788528607321
  • ISBN-13: 978-8528607321
  • ASIN: 8528607321
  • Dimensões do produto: 22,8 x 15,8 x 5 cm
  • Peso de envio: 1,4 Kg


0 comentários:

Postar um comentário